Suplementos Alimentares – Como são divididos?



Suplementos Alimentares – Como são divididos?

Suplementos Alimentares como sao divididos

Clique para ampliar

Nesse artigo vou tentar explicar de forma rápida a ação de cada suplemento e qual se adéqua a sua necessidade.

Hipercalóricos: São uma mistura de carboidratos de alto índice glicêmico, proteínas, vitaminas e minerais. É um alimento altamente compensador para quem possui um gasto calórico muito elevado durante o dia.

Bebidas esportivas: Elas promovem rapidamente a reidratação.

Gel energético: É um excelente fornecedor e repositor de energia que ajuda a manter seu rendimento e disposição durante a atividade física intensa e prolongada. Repõe também os sais minerais perdidos no suro. É de rápida e fácil digestão.

Barras energéticas: Trata-se de uma forma prática do atleta aumentar sua energia durante a atividade física, pois são ricas em carboidratos e contêm uma pequena porcentagem de proteínas.

Albumina: é uma proteína de alto valor biológico presente na clara do ovo, no leite e no sangue. É freqüentemente usada por praticantes de musculação que querem aumentar sua massa muscular.

Arginina, Ornitina e Lisina: São três aminoácidos encontrados em diversos alimentos. A sua função é aumentar a massa muscular.

Cafeína: É um estimulante do sistema nervoso central, presente em chás, café, chocolate e guaraná. Tem sido usado no exercício para reduzir a percepção de esforço, pois a cafeína modifica o limiar da dor, melhorando o desempenho.

Carnitina: A substância é armazenada nos músculos esqueléticos, onde é necessário transformar os ácidos graxos em energia para atividades musculares.

Creatina: É um composto de aminoácidos presente nas fibras musculares e no cérebro. É uma substância natural que pode ser encontrada na carne vermelha e no peixe, mas que pode também ser produzida pelo fígado, pâncreas e rins a partir dos aminoácidos arginina, glicina e metionina.

DHA (Dehidropiandrosterona): É um percursos natural de testosterona. Quando suplementado, oferece ganho de massa muscular.

Glutamina: É o mais abundante aminoácido existente no tecido muscular. Sua suplementação nos treinos aumenta a síntese protéica no músculo. A substância também reduz o estresse muscular e recupera as fibras rompidas durante o treinamento.

BCAA (leucina, valina e isoleucina): São aminoácidos abundantes em carnes e que tem a característica de serem essenciais ao organismo, ou seja, o corpo não os produz. As substâncias agem como transportadores de nitrogênio, que auxiliam os músculos a sintetizar outros aminoácidos necessários para promover o crescimento muscular.

Óleo de peixe: Ajuda a regular o colesterol no organismo. Isso por causa dos altos níveis de Ômega 3, cujos benefícios incluem não apenas a redução do colesterol, mas também propriedades antiinflamatórias e efeitos positivos na composição corporal.

Condroitina Glucosamina: É um dos principais componentes estruturais da cartilagem e responsável por grande parte de sua resistência e compressão.

Taurina: É um dos aminoácidos mais abundantes no corpo. Funciona em tecidos eletricamente ativos, como o cérebro e o coração, para ajudar a estabilizar as membranas celulares. Possui alguma ação antioxidante.

Whey protein: é uma coleção de proteínas globulares que podem ser isoladas do soro de leite, um subproduto de manufaturamento do leite da vaca. Auxilia no aumento de massa muscular.

Um comentário sobre “Suplementos Alimentares – Como são divididos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *